projecto 333- como selecionar, e as peças que escolhi

 Em minimalismo, Project333, PT

Como sabem, o projecto 333, é o tema do mês no officinalis. Neste post vamos falar dos trapinhos que escolhi para me acompanharem durante 3 meses. Fiz este desafio de uma forma oficinal em outubro, novembro e dezembro de 2016, mas se viram o vídeo que fiz aqui, vão perceber que desde então tenho mantido as mesmas peças.

Como expliquei no vídeo o meu método foi muito simples. Tinha poucas peças por natureza, por isso não tive de começar pelo mais óbvio, que seria uma limpeza profunda, para retirar tudo o que não uso.

Estes foram os passos, que dei, e que vos pode servir como referência, já sabem, ajustem à vossa realidade.

Projecto 333, passo a passo

  • Limpeza profunda, retirem tudo o que não usam há pelo menos 6 meses (esta é a minha técnica, mas existem centenas de técnicas diferentes), ou peças que já nem se lembram que têm.
  • Escolham peças que sejam fáceis de conjugar entre si, desde o calçado, acessórios, casacos, etc. e que possam utilizar em várias ocasiões. Não escolham só roupa para trabalhar, ou para usar ao fim-de-semana. Lembrem-se que as nossas vidas têm várias dimensões, e que nós nos vestimos de acordo com cada ocasião.
  • Privilegiem roupa sem padrões, tons claros ou escuros, como preto, branco, cinza, azul, castanho, etc.
  • Escolham roupa e calçado confortáveis, e que sentem que vos assenta bem. A roupa também serve para nos transmitir confiança, e para nos fazer sentir bem no nosso corpo.
  • Peças em bom estado. Tendo em conta que vão usar muito estas peças, escolham peças que estejam em boas condições. Peças sem cor, que sejam sensíveis a lavagens, e com materiais difíceis de manter não são uma boa ideia.
  • Divirtam-se durante o processo. Tudo o que fazemos, e especialmente os desafios que colocamos a nós mesmos devem-nos dar prazer. Não adianta seguirmos em frente, se isto para nós vai ser um frete, e uma dor de cabeça. Como disse acima, se necessário ajustem o número de peças à vossa realidade.
  • Registem! Tirem uma selfie de corpo inteiro diariamente, e vão perceber como é possível conjugar muito mais outfits do que imaginaram.

Estas foram as peças que escolhi, e alguns exemplos de como as usei. Nem sempre me lembrei de tirar foto, e as fotos foram todas tiradas de manhã, ainda meio ensonada, mais a minha falta de jeito e paciência para poses, o resultado não é brilhante, ah ah,  mas é para perceberem como é fácil, e como nós não precisamos de assim tanta roupa.

Número de peças e como escolhi

Partes de cima
1. top branco
2. camisa ganga
3. t-shirt fashion facts
4. t-shirt cinzenta
5. blazer branco
6. camisola malha beige
7. camisola malha azul escura
8. camisa branca
9. camisa branca com laço preto
10. t-shirt hamburgers
11. vestido azul e branco
12. camisola “may the force be with you”

Partes de baixo
13. calças pretas
14. saia cor tijolo
15. macacão preto
16. saia branca
17. calças amarelas
18. saia rosa
19. calças ganga
20. saia branca
21. saia cinzenta
22.vestido verde tropa para sair à noite

Acessórios
23. mala preta grande
24. mala castanha pequena
25. pulseiras bordeaux e azul. São duas mas uso sempre juntas, por isso conto só como uma peça

Calçado
26. chinelos pretos
27. chinelos castanhos
28. sandálias zebra
29. chinelos prateados
30. sandálias brancas
31. sabrinas rosa
32. all star pretos

O que não contabilizei
2 anéis, 2 fios, e 2 pulseiras que comprei no Nepal. Todas as peças têm um grande significado para mim, comprei em viagens, e optei por não contabilizar porque são coisas que uso muito mesmo.

Como viram não é assim tão pouca coisa. Sei que para mim foi fácil porque não estava frio, e não precisei de agasalhos. Entretanto durante este processo como também expliquei no vídeo tive de adaptar o que tenho ao inverno, e em breve partilho convosco. Entretanto já estão 30 graus por isso voltei às saias e vestidos.

Espero que vos tenha inspirado de alguma forma a começar. Pela minha experiência, se ficaram curiosos, experimentem assim que puderem. A chegada da primavera é uma boa oportunidade para começar, não a deixem escapar!

Já sabem, qualquer questão é só perguntar por email, ou deixar comentário em baixo.

Acompanhem o officinalis no instagram.
@theofficinalis

 

Posts Recentes
Mostrar 2 comentários
  • Filipa

    Gostei imenso, foi mais fácil assim imaginar e perceber o que tenho que fazer… Muito grata pela ajuda! Beijinho

    • Cláudia

      De nada! Estou por aqui para saber como correu. Um beijinho

0