pannacota clássica e pannacota vegan, 2 receitas

 Em sobremesas

A semana passada tivemos um período de feriados que durou 5 dias. Tentámos ir para fora mas os voos estavam literalmente todos cheios, pensámos ir acampar mas ainda está demasiado calor para grandes aventuras, por isso a solução era mesmo ficar por casa. Confesso que entrei em pânico quando percebi que ia passer cinco dias em casa, por isso combinámos entre nós que iam ser 5 dias muito activos. Fizemos um calendário de actividades, e uma delas foi um concurso de culinária (ideia de génio do David).

Ele que raramente faz sobremesas, desta vez foi o que lhe calhou, eu fiquei com o prato principal. Começámos o dia no supermercado, convidámos os nossos amigos para almoçar, eles foram os júris, e metemos mãos à obra.

Escolhi como acompanhamento uma salada de rúcula com romã e maçã, e vinagrete de limão e amêndoa. Para o prato principal, inspirei-me numa receita do minimalist baker, lasanha cuja base é abóbora mas com textura de esparguete. Ficou super saborosa mas a abóbora não ficou bem “esparguetada”, o que quer dizer que é algo que vou ter de praticar até sair bem.

Bem, e a sobremesa, já devem ter adivinhado pelo título, o que é.  O David surpreendeu-nos com duas versões de pannacota, uma vegan e uma clássica. É incrível como este homem tudo o que faz, faz bem, porque o resultado ficou espetacular. (já adivinharam para quem foi o prémio do nosso concurso?)

A pannacota vegan é feita com leite de coco, eu como não gosto de coco (excepto o óleo de coco que uso para tudo e mais alguma coisa), não gostei muito do sabor desta, com muita pena minha, porque para mim “vegan is always a good idea”. De qualquer forma tenho a certeza que os amantes de coco vão adorar esta versão.

Já a versão tradicional (cheia de natas), não é propriamente saudável, mas estava absolutamente DI-VI-NAL! E já devem ter percebido pelas fotos, tanto uma como a outra, estavam LINDAS!! A mais escura é a versão tradicional porque foi feita com açúcar mascavado, daí o tom escuro.

E pronto, história contada, agora vamos ao que interessa, a receita. O David foi um amor e deixou-me partilhar estas maravilhas convosco.

panacota

pannacota clássica

Imprimir
Tempo de preparação: Tempo:

Ingredientes

  • 1/2 litro de natas para bater
  • 2 colheres de sopa de agar agar- eu usei flocos, se usar em pó reduza a quantidade para metade
  • 1/3 chávena de açúcar mascavado
  • 1,5 colher de sopa de pasta de baunilha
  • COBERTURA
  • 1 chávena de mirtilos frescos
  • 1 colher de sopa de açúcar
  • 2 colheres de água

Instruções

Coloquem num tacho em lume médio, as natas, açúcar, baunilha e o agar-agar, e deixe ferver. Quando ferver deixem cozinhar por mais 10 minutos, mexendo sempre.
Deixem arrefecer e coloquem nas formas.
Levem ao frigorifico, preferencialmente pelo menos por 4 horas, caso precisem de acelerar este processo, levem ao congelador durante 10 min. Para servir, desenformem a pannacota, coloquem a cobertura, e reservem alguns mirtilos para colocar por cima.
Para fazer a cobertura
Coloquem todos os ingredientes num tacho em lume brando, e deixem cozinhar até os mirtilos rebentarem e formarem a calda. Este processo demora cerca de 10 minutos, mexendo sempre.
Para intercalar a calda com o recheio da pannacota, como está na imagem da pannacota vegan:
Preparem o recheio da pannacota, quando pronto, coloquem nas formas o recheio da pannacota até metade da forma, e levem ao congelador por 10 min. Preparem a calda, quando estiver pronta, retire as formas do congelador, coloquem uma colher de sopa de calda na forma e levem ao congelador por mais 5 minutos.
Retirem, coloque o restante recheio e leve ao frigorifico até servir.

panacota

E agora a pannacota vegan (na imagem a mais clara com uma tira de cobertura ao meio)

RECEITA DE PANNACOTA VEGAN

INGREDIENTES

1 lata de creme de coco (400 ml)
1 lata de leite de coco (400 ml)
1/3 chávena de xarope de ácer, geleia de arroz ou agave
2 colheres de sopa flocos de agar-agar (se usar em pó reduza a quantidade para metade)

INSTRUÇÕES- Sigam as instruções da pannacota tradicional, o método é exactamente o mesmo.

panacota

E agora digam-me lá, qual foi a versão que gostaram mais?

 

Posts Recentes

Deixar um Comentário

0