costa rica, tudo sobre a nossa viagem

 Em PT, viagens

Costa rica, nem sei por onde começar. Tanta coisa para dizer
Vamos por partes, a primeira coisa que devem saber sobre a Costa Rica é que é pura vida! Este é o lema dos costa-riquenhos, e que se reflecte em TUDO, em sorrisos de orelha a orelha, braços abertos, música em músico lado, nas cores, na comida…

San José

Aterrámos no dia 10 de agosto em San José estafados. Fizemos 13 horas de escala em Frankfurt e duas na República Dominicana, foi uma viagem longaaaaaa.

No primeiro dia, e porque estávamos a precisar de um miminho, visitámos um restaurante vegetariano lindo, o Arbol de Seda. Provavelmente um dos espaços com mais amor que já vi. Comida tradicional com um toque moderno, foram a combinação perfeita para nos deixar de barriga cheia e muito felizes.

https://www.facebook.com/ArbolDeSeda/

arboldeseda

Nos dias que se seguiram, visitámos o mercado, os jardins da cidade e a catedral de São José. O mercado tem tudo o que é preciso e mais um par de botas: comida, restaurantes, roupa, utensílios de cozinha, flores, etc, e é o sítio ideal para observar a vibe da cidade.

Ficámos três dias em San José e achámos que eram suficientes para conhecer a capital, é gira, mas o que nós queríamos mesmo era verde.

(no instagram podem encontrar fotos de san josé)

Verde é sem dúvida a cor que predomina na Costa Rica. Qualquer que seja o ambiente, o verde das árvores está sempre lá, e faz-nos sentir que estamos a viver em permanência num filtro do instagram.

Monteverde

monteverde,costarica

De San José fomos até Monteverde, onde ficámos também 3 dias. Apanhámos o primeiro autocarro do dia para lá. Como não comprámos o bilhete com antecedência, tivemos de ir as 4 horas de caminho em pé. O meu conselho: comprem o bilhete com antecedência.

Em Monteverde tivemos contacto com os primeiros abutres, e um infindável número de pássaros e árvores que nunca tínhamos visto. Foi também o primeiro contacto com esta realidade mágica da mãe natureza na América Central.

monteverde cloud forest
No entanto, quando visitámos o monteverde cloud forest, as nossas expectativas ficaram defraudadas, achámos a entrada cara para o que vimos. E gastámos o orçamento para visitar outras atrações.

monteverde

O melhor de Monteverde foram as  árvores ficus, que nos proporcionaram um momento muito especial: escalar uma árvore por dentro, uma conexão que não dá para explicar, e um momento que irei guardar para sempre.

ficusmonteverdesite oficial de monteverde aqui

La Fortuna – Arenal

arenal, la fortuna

Em Arenal esperava-nos um vulcão e um lago, que visitámos e achámos lindo! No entanto, fomos ao engano a La Fortuna, demasiado turístico, e tudo fora do nosso orçamento. Foi o primeiro momento da viagem que percebi que iria ser impossível visitarmos todas as atracções turísticas. Não foi super fácil de aceitar, mas esta é a realidade.

la fortuna, arenal
Por isso optámos por passar os dois dias em La Fortuna, a visitar a finca “don juan”, que serve também almoços, cujos ingredientes provêm da quinta, e que tem uma vista linda para o vulcão.

finca don juanfinca don juan

Porto Viejo de Sarapiqui

portoviejosarapiqui

Daqui fomos até Porto Viejo com um propósito, visitar o máximo de floresta, sem irmos à falência. Esta reserva foi a solução perfeita porque o próprio parque é também um sítio onde podemos ficar hospedados. A alvorada era feita pelo macacos howlr. Na tapada, partilhei a casa de banho com sapos, osgas. Foi como se vivêssemos todos numa grande casa, o que não me impediu de apanhar uns valentes sustos.

sarapiqui
Tortuguero

tortuguero
De Porto Viejo de Sarapiqui seguiu-se Tortuguero. Sabíamos que ia ser um dos pontos altos da Costa Rica por isso as expectativas estavam ao rubro. Não nos desiludimos. Tortuguero é uma ilha linda, e só o trajecto de barco para lá chegarmos deixou-nos de boca aberta.

Foi nesta ilha que tivemos o primeiro contacto com a atmosfera caribeña. Parecia que estávamos noutro país.
Na ilha, fizemos algumas tours, como um passeio de canoa para observarmos aves, onde vimos muita passarada, um jacaré, preguiças, e árvores do cacau.
tortuguero

Fizemos um passeio noturno, para vermos a fauna e a flora de uma perspectiva diferente, e aqui vimos 4 cobras. As cobras são de todos os animais os que mais me assustam, por isso posso dizer que não estive feliz durante a tour.

Mas o momento mais mágico de Tortuguero foi definitivamente ver o desovar de uma tartaruga. Foi o ponto alto da nossa passagem pela Costa Rica, e é algo que jamais iremos esquecer. Uma experiência mágica, única, e uma comunhão com a natureza como nunca tinha sentido. Infelizmente não tenho fotos para vos mostrar porque não era permitido levarmos máquina fotográfica.

tortuguero
Em Tortuguero ganhámos o gosto pelas praias, e pelo ambiente caribeño, e por isso a próxima paragem só podia ser dentro do mesmo género. Fomos até Porto Viejo de Talamanca, onde passámos os dias a dar mergulhos e a passear de bicicleta.

Porto Viejo de Talamanca
PORTO VIEJO TALAMANCA

Aqui percebemos que o sentido de comunidade é grande. Assistimos a um desfile de grupos da igreja e toda a gente saiu à rua para ver. À noite fomos brindados com um concerto, que reuniu vários grupos e bandas da zona. Foi a melhor forma para encerrar a nossa estadia na Costa Rica. As músicas que ouvimos no concerto ainda hoje fazem parte dos nossos dias.
PORTOVIEJOTALAMANCAa foto de capa do post é a praia de porto viejo de talamanca, para verem como é linda!

Outras Infos sobre a Viagem à Costa Rica

Hóteis- reservados através do booking

San José 

Costa Rica Backpackers, Costa Rica Guesthouse (gostámos mais da guesthouse, é mais barata, limpa, e tranquila) e Hotel La Questa, não recomendamos de todo este hotel. Quando chegámos o nosso quarto não estava pronto, não trocaram os lençóis, tivemos de fazer queixa, e o pequeno almoço eram cereais de pacote com leite.

Monteverde

Nina´s Place B&B e Mi Casa Tica (gostámos mais do primeiro, a vista é linda e a cozinha está muito bem equipada)

La Fortuna

The Violin House (não gostei nada porque era literalmente em casa de pessoas. A família era simpática mas não me senti muito à vontade. Quando fizemos a reserva não percebemos que ia ser assim. Também fica um bocado longe do centro.

Porto Viejo de Sarapiqui 

Tirimbina Lodge (a reserva natural que recomendamos muito!)

Tortuguero

Cabinas Balcon del Mar (excelente localização e quarto muito decente)

Puerto Viejo de Talamanca

Sel e Sucré (excelente localização, com aluguer de bicicletas)

Quanto gastámos?

total: 1,237 €
dormidas- 539 €
restaurantes- 195, 70 €
supermercado- 161,40 €
atracções- 171 €
transportes- 141 €
extras (farmácia) – 30 €

datas 10 a 31 de agosto 2017

para saberem mais, e como nos preparámos para a viagem, oiçam o episódio do officina em que eu e o David falamos sobre isso.
Podem ouvir aqui

Gostaram do post? Digam-me o que gostavam mais saber sobre a Costa Rica, ou o que posso melhorar nos próximos destinos.

claudiasignature

Posts Recentes

Deixar um Comentário

0